Buscar

O valor em ser uma Organização Data Driven

Nos últimos anos, testemunhamos uma enorme mudança no reconhecimento da importância dos dados como um patrimônio. Conforme o mundo passa pela transformação digital, os pequenos detalhes da nossa vida são rastreados, gravados e alavancados como dados para a tomada de decisões de empresas. Esse oceano de informação está crescendo em um nível bastante rápido, criando inúmeras oportunidades de inovação para negócios.


Organizações que conseguem aproveitar essas oportunidades são capazes de desafiar competidores da indústria que estavam no mercado antes deles, forçando esses competidores a repensar suas estratégias e negócio e viabilidade. Ser Data Driven pode levar a uma vantagem competitiva e permitir que uma organização gere valor de longo prazo para ela mesma e seus clientes.


O que é uma Organização Data Driven?


De forma simplificada, uma organização Data Driven possui três características. Elas são:


1. Um histórico provado de ações e tomadas de decisão baseados em dados, ao invés de intuição.


Organizações Data Driven não utilizam números e métricas que dão espaço à subjetividade no processo de tomada de decisão. Ao invés disso, elas transformam indicadores de performance do negócio em métricas que sejam adequadas para todos os setores e contextos. A análise deles então permite uma tomada de decisão que sempre faça mais sentido para o negócio como um todo.


2. Um foco consistente na alfabetização de dados de todos os colaboradores, construindo uma cultura forte cultura de dados em todos os setores.


A responsabilidade da alfabetização de dados não deveria cair sobre apenas um indivíduo que seja conhecido por ser o "Especialista de Dados". Ao invés disso, organizações Data Driven devem encorajar todos os colaboradores a utilizar pensamento analítico em cada tomada de decisão, de forma que utilizem dados para embasar suas ações.


3. Uma estratégia de investir no desenvolvimento de dados e analytics que melhorem as principais atividades e operações do negócio.


A análise de dados deve ser focada para a melhoria da organização como um todo e não apenas alguns departamentos. Além disso, é necessário que exista um alinhamento sobre o impacto da análise de dados no negócio e também sobre como tratar os dados em diferentes escopos.


Quais são os benefícios de ser uma Organização Data Driven?


#1 - Tomada de decisão informada e assertiva

Quando surgem situações que requerem uma difícil tomada de decisão, organizações Data Driven utilizam dados que muitas vezes questionam e desafiam a intuição. Logo, perguntar "O que os dados têm a dizer?" garante uma tomada de decisão assertiva e livre de vieses.


#2 - Eficiência e eficácia

Quando a análise de dados é direcionada para o fornecimento de insights para tomadas de decisão, as operações são elevadas à outro nível. Com as informações corretas, é possível fazer com que todos os processos ganhem eficiência e eficácia.


#3 - Desenvolvimento do negócio

Com conhecimentos e insights adequados, a cultura Data Driven torna mais fácil o desenvolvimento de negócio. Os dados ajudam a focar nos pontos de maior desempenho e revelar quais são os de pior desempenho. Resultando numa melhora de resultados e garantindo o alinhamento da organização.


#4 - Referência do setor

Todos os setores possuem grandes referências as quais todos os outros negócios se espelham e almejam se tornar. Com a otimização de todos os processos e resultados que a cultura Data Driven traz para a organização, o único caminho é o de se tornar uma referência do setor. A organização será reconhecida pela seriedade e inteligência na utilização de dados para seu negócio e também pela segurança dos dados de seus clientes.


Considerações para a jornada


Em suma, se tornar uma organização Data Driven tem o potencial de agregar muito valor a uma organização e seus clientes. Com o crescimento do volume de dados, tecnologias avançando e com um mercado se tornando cada vez mais competitivo, organizações devem continuar a se adaptar a seus ambientes.


Então para isso, deixamos algumas considerações que aprendemos ser extremamente valiosas para alcançar uma cultura Data Driven.


• Seja arrojado e criativo. Uma organização guiada por dados não deve ter medo de revisar sua estratégia para um determinado problema, ou de se adaptar a mudanças.


• Engaje e envolva todos na estratégia de dados da sua organização. Um claro alinhamento de razões, motivações e responsáveis fará com que todos se sintam participantes do processo de evolução da organização. Decentralize as responsabilidades da operação, uma cultura Data Driven se trata do empoderamento de líderes analíticos em se posicionarem melhor em seus domínios específicos.


• A mudança deve partir de cima para baixo. Os principais tomadores de decisão das organizações devem realizar um alinhamento de expectativas de que todas as decisões/sugestões devem estar respaldadas em dados já analisados. Após esse alinhamento a equipe também deve questionar e avaliar a fundamentação de dados utilizada pelo seu gestor em cada tomada de decisão.


• Escolha métricas por sua relevância, não apenas para tê-las. Medir as coisas certas é muito melhor do que medir tudo. Líderes devem escolher as métricas com cuidado e utilizá-las com sabedoria. Para escolher as métricas certas, deve-se conhecer bastante sobre o modelo de negócio da sua organização, sabendo todos os fatores que podem de alguma forma influenciar o desempenho dela.


Nós da Data Driven Organization, temos como objetivo fazer com que o mundo se torne mais orientado à dados. Avaliamos, orientamos e certificamos as organizações que buscam uma cultura de dados forte e que esteja alinhada com sua estratégia de negócio, agregando mais valor à empresa e também aos seus clientes. Entre em contato conosco para saber como podemos ajudar você a se tornar uma Data Driven Organization.